Apartamento do Palheiro

Sempre que, prestes a sucumbir ao morbo do desalento, toco uma destas fragas, todas as energias perdidas começam de novo a correr-me nas veias” Miguel Torga 
Sinta esta magia telúrica das fragas quando, da janela do seu quarto, contemplar a força pura de uma fraga que faz a paisagem.
 
Este espaço começou por ser o palheiro da casa, aqui se guardavam fardos de palha que alimentavam o gado de tração e faziam as suas respetivas camas. Quando a casa deixou de ter animais e o cereal deixou de ser rentável, o palheiro tornou-se inútil. Mais recentemente, na sequência da gripe das aves, foi usado como capoeira, que albergou durante vários anos inúmeros bicos da criação da Luisete.

As obras de recuperação converteram este espaço num apartamento que aproveitou a força da fraga original com espaço cénico exterior. Em duas das paredes interiores manteve-se o granito original.
 
A função inicial deste espaço deu o nome a este apartamento.
.
Support by WEBKEY | Lagares de Vara e Pedra@ 2016